domingo, 21 de junho de 2009

Maniçoba = Feijoada paraense


Hoje eu comi Maniçoba na A Venda, que fica no bairro da Boca do Rio, em Salvador.
Cheguei lá no intervalo do jogo Itália x Brasil, pela Copa das Confederações. O Brasil já estava dando 3 x 0 na Scuadra Azzura, de Bufon. Em 6 minutos chegamos, pedimos e a "feijoada de folhas" já estava à mesa. Adoro isso!
Prato indígena, típico da região norte do país, especificamente do estado do Pará, a maniçoba é feita de folhas de mandioca com as mesmas carnes de uma feijoada baiana. Digo feijoada baiana porque, em Aracajú, a feijoada leva legumes. Na A Venda, esse prato custa 29 reais e dá para duas pessoas famintas ou 3 pessoas que comem moderadamente. A porção de arroz é vendida separadamente e custa R$2,50.

Já ouvi várias estórias sobre o preparo desse prato. O ingrediente principal, que é uma folha venenosa, exige um cozimento de dias. Minha cunhada que é paraense me disse que fica até uma semana cozinhando as folhas para o prepara da maniçoba. Perguntei a dona da A Venda sobre o preparo. Ela afirmou que cozinha por apenas 3 dias ou menos. Enfim, eu comi e não morri. Alias, é um dos meus pratos favoritos.

Em Prato Perfeito

INGREDIENTES:

3 kg de maniva moída (folha da mandioca-brava)
1/2 kg de toucinho
1/2 kg de carne-seca
1/2 kg de lingüiça portuguesa
1/2 kg de paio
1/2 kg de lombo de porco
1/2 kg de orelha de porco
1/2 kg de rabo de porco
Alho e pimenta-de-cheiro a gosto

MODO DE PREPARO:
Comece quatro dias antes de servir. No primeiro dia, coloque a maniva moída numa panela grande com bastante água pela manhã e deixe ferver até anoitecer, em fogo brando, sem deixar a água secar. No segundo dia, acrescente o toucinho e deixe ferver novamente pelo dia inteiro. No terceiro dia, escalde todas as carnes e coloque-as na panela da maniva. Ferva de novo pelo dia inteiro, mexendo às vezes. No quarto dia, acrescente o alho espremido e a pimenta. Deixe ferver por mais 6 horas, mexendo às vezes. Sirva com arroz branco e farinha de mandioca.

CURIOSIDADE:É um dos pratos típicos da cozinha regional que melhor retrata a maneira indígena no preparo de sua comida. A maniçoba é feita de maniva, que são as folhas da mandioca, moídas e cozidas por aproximadamente oito dias. No quarto dia de cozimento acrescenta-se artigos defumados como chouriço, toucinho, charque e outros. É servida com arroz branco cozido e encontrado nos melhores restaurante e barracas de comidas típicas.
Rendimento : 25 porções - Calorias : 576 por porção

Minha cunhada, Denise, afirma que maniçoba boa é aquela bem escura, cuja a aparecia lembre uma graxa! Segundo ela, que já comeu a iguaria no restaurante que eu mencionei, lá é onde ela encontrou uma maniçoba com gosto mais próximo com a típica paraense. É parecida, pois igual, só lá!
fotos by Fran

6 comentários:

sdalfonso30 disse...

A maniçoba Paraense tem que ser cozida por 7 dias,para ficar como o Paraense gosta bem preta e pode ter certeza que fica ainda mais gostosa!bjssss

sdalfonso30 disse...

Você precisa ir até o Pará para provar a verdadeira maniçoba paraense! vamos?

Fernanda Figueiredo disse...

Eu já comi essa maniçoba do "A Venda" e gostei. Dizem que é a melhor maniçoba de Salvador. Mas, quem diria: Francis dando receitas!!! Essa tem que registrar msm...

Anônimo disse...

Estuve en ese lugar en anho pasado por motivos de trabajo y me encanto!!! Soy Lilia de Peru y aunque la primera vez que la vi me asusto, luego trataba de comerla una vez por semana. Gracias por tan ricos recuerdos.

Emerson disse...

que eu saiba feijada tem q ter feijão... maniçoba e maniçoba por favor não invente.

Gleiciane disse...

Oh ignorante,feijoada e só modo de disser,pois a maniçoba leva os mesmos ingredientes da feijoada,só. Que. No Pará a feijoada é. Sem feijão! Com maniva,( folha de mandioca)